joao paulo ribeiro médica dentária logo

DICIONÁRIO DENTÁRIO


A

Abcesso

Infeção, com acumulação de pus. Geralmente manifesta-se com inchaço e dor.


Alisamento radicular

Raspagem do tártaro infra gengival que se situa na superfície das raízes dos dentes e do cimento radicular infetado (1ª camada da raiz do dente).


Amálgama

Material de restauração composto fundamentalmente por prata e mercúrio. A sua característica principal é a longa duração, mas por ter uma cor escura (10 – 20 anos), aplica-se em molares ou em zonas pouco visíveis.


Apicectomia

Consiste em cortar a ponta da raiz, pela gengiva, e fazer e fazer a desvitalização do resto do dente que fica inserido no osso.


B

Branqueamento

Procedimento estético através do qual se branqueiam os dentes por meio de uma substância química ou por técnica laser. Pode ser efetuado em consultório ou em casa (recorrendo a moldeiras), sob orientação do médico dentista.


Bruxismo ou “ranger os dentes”

É uma doença caracterizada por apertar ou ranger os dentes provocando, nos mesmos, desgaste anormal. Esta perturbação acontece frequentemente durante a noite de modo inconsciente e tem como causa o stress e a posição dentária inadequada.


C

Cárie

É a destruição localizada dos tecidos dentários provocada pela ação das bactérias. Podem ser:

  • Coronárias (localizadas nas superfícies oclusais ou entre os dentes)
  • Radiculares localizadas nas raízes dos dentes
  • Recidivantes localizadas à volta das restaurações ou das coroas


Cirurgia oral

Especialidade responsável por atos cirúrgicos, sendo o mais comum a extração de dentes.


Compósito

Material de restauração branco, mais estético que a amálgama mas menos resistente e durável.


Coroa metalocerâmica

Capa sobre o dente danificado com base metálica e coberta por cerâmica.


Coroa de cerâmica pura

Capa sobre o dente danificado feito em cerâmica pura.


D

Decíduos

O mesmo que dentes de leite. Os dentes começam a aparecer por volta dos 6 meses e aos 3 anos a dentição de leite está, em regra, completa, isto é, com 20 dentes.


Dente

Dentes são estruturas duras, salientes e esbranquiçadas compostas por polpa, dentina e esmalte que são implantados no maxilar (dentes superiores) ou na mandíbula (dentes inferiores). Têm essencialmente 3 funções:

  • Mastigatória
  • Fala
  • Estética


Dente canino

Os caninos são 4, sendo 2 na arcada superior e 2 na inferior e a sua função é a de rasgar os alimentos sendo, para isso, pontiagudos.


Dente incisivo

Os incisivos, em número de 8, 4 em cada arcada, são dentes que servem para cortar os alimentos e, por isso, são afiados e localizam-se na frente da boca.


Dente incluso

Também designado como dente retido. É um dente que não fez a sua erupção, encontramdo-se no interior da gengiva.


Dente molar

Os 4 molares, 2 superiores e 2 inferiores, são dentes que se localizam no fundo da boca, têm a coroa praticamente lisa e a sua função é a de desfazer os alimentos.


Dente do siso

Os dentes do siso são os últimos molares a nascer, normalmente entre os 16 e os 20 anos.


Dente pré-molar

Os pré-molares são 8, 4 na arcada superior e 4 na inferior, dentes com e a sua função é a de triturar os alimentos.


Dentição permanente

Dentição característica dos adultos. Começa aos seis anos e termina, regra geral, aos 18 anos. É composta por 32 dentes (8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares, 12 molares sendo 4 terceiros molares ou dentes do siso.


Destartarização

Limpeza do tártaro eliminando manchas dos dentes e prevenindo a doença periodontal.


Doença gengival

O mesmo que gengivite.


E

Endodontia

Especialidade que se ocupa do estudo e doenças da polpa dentária. O nome é frequentemente utilizado com o significado de desvitalização, que consiste na remoção da polpa dentária, limpeza e substituição por material obturador.


Exodontia

Remoção cirúrgica de um elemento dentário.


Exodontia com sutura

Exodontia seguida de sutura da gengiva.


F

Face vestibular

Face do dente do lado do lábio.


Face lingual

Face do dente do lado da língua.


Faceta

Cobertura de cerâmica ou de compósito destinado a melhorar o aspeto dos dentes.


Flúor

Elemento importante que se acumula nos ossos e dentes conferindo-lhe uma maior resistência. O excesso de flúor provoca a fluorose.


Fístula

Consiste numa pequena porção de gengiva, (bolha) que se apresenta como um trajeto dentro do osso e pelo qual o dente drena pus proveniente do abcesso.


G

Gengivite

Inflamação do tecido gengival causada por placa bacteriana ou tártaro. Pode evoluir para periodontite caso não seja tratada.


I

Implante

Peça de titânio biocompatível que é colocada, através de cirurgia, no osso da mandíbula ou do maxilar e que serve de pilar para uma coroa ou prótese dentária.


M

Mandíbula

A mandíbula é a parte móvel do crânio que forma a parte inferior e que suporta os dentes inferiores.


Maxilar

Maxilar é a estrutura da região frontal que suporta os dentes superiores e que é formada por dois ossos geminados, as maxilas.


O

Oclusão

É o ramo da medicina dentária que trata as relações de mordida entre a arcada superior com a inferior e suas implicações nas estruturas anexas: dentes, gengiva, ossos, músculos, ligamentos e articulação temporomandibular.


Odontopediatria

Especialidade relativas à dentição de crianças e jovens abrangendo todos os aspetos desta fase de desenvolvimento.


Ortodontia

Ramo da medicina dentária que estuda as técnicas destinadas a melhorar os defeitos de posição dos dentes com o objetivo de conseguir uma melhor função mecânica e estética.


Ortopantomografia

Radiografia obtida com um equipamento extra oral (ortopantomógrafo) que roda em torno da cabeça do paciente e que permite visualizar os ossos faciais e todos os dentes. 


P

Paradontologia

Especialidade que se ocupa do estudo e tratamento das doenças periodontais, que abrange as estruturas que suportam os dentes: gengiva, ligamento e osso.


Periodontite

Inflamação do periodonto, que inclui todos os tecidos que suportam os dentes e os mantêm em posição. A inflamação destes tecidos provoca reabsorção dos mesmos levando à perda de tecido de suporte. Os dentes começam a abanar e caem sozinhos.


Placa bacteriana

Película transparente constituída por bactérias a açúcares que adere aos dentes e que se não for removida diariamente se transforma em tártaro. A placa bacteriana é a principal causa de cáries dentárias e da doença gengival.


Polimento

Acabamento após restauração.


Ponte

Um ou mais dentes artificiais apoiados em ambos os lados em implantes ou dentes adjacentes.


Prostodontia

Especialidade da Medicina Dentária responsável pela reabilitação do paciente desdentado parcial ou total recorrendo à substituição dos dentes perdidos por dentes artificiais. Utilizam-se próteses removíveis (esqueléticas ou acrílicas) e fixas como sejam coroas ou pontes.


Prótese acrílica

Prótese removível total ou parcial cuja base é feita em resina acrílica. As próteses totais podem ter a estrutura de resina reforçada com uma rede metálica.


Prótese esquelética

Prótese removível parcial cuja base é feita em metal cromo-cobalto.


Prótese fixa

Prótese não retirável da boca sem meios especiais (em consultório). É feita em material metalocerâmico ou cerâmica pura, para uma imitação perfeita da cor e brilho dos dentes naturais.


Prótese removível

Prótese que pode ser colocada e retirada facilmente pelo utente. Estas próteses podem ser totais ou parciais e superiores ou inferiores. No que se refere ao material podem ser acrílicas ou esqueléticas.


Polpectomia

Ato de retirar o nervo dos dentes e higienizar as paredes internas dos canais dentários, no âmbito da endodontia.


Polpotomia

É a remoção da polpa presente na câmara polpar.


R

Radiografia periapical

Radiografia obtida com o sensor de RX colocado no interior da boca.


Radiografia bitewing

Radiografia obtida com o sensor de RX colocada no interior da boca. Regra geral apanha, no máximo 6 dentes, 3 da arcada superior e 3 da arcada inferior, e serve para detectar a existência de cáries interproximais.


Restauração

Recuperação de um dente reconstruindo-o. Pode ser de 1, 2 ou 3 faces, consoante o número de paredes do dente a recuperar.


RVG

Equipamento radiográfico que não utiliza produtos químicos mas antes um processo digital para obter as radiografias (periapicais e bitewings).


S

Selante de fissura

Verniz protetor das micro-fissuras dos dentes (fissuras anatómicas fisiológicas), especialmente em crianças, para prevenir cáries.


Sensibilidade dentária

Dor aguda de dentes causada pelo desgaste da superfície do dente ou do tecido gengival que resulta da exposição de raízes dentárias, em resultado da recessão gengival ou proveniente de cáries ou restaurações profundas.


T

Tártaro

O tártaro resulta da mineralização da placa bacteriana em reação com a saliva e pode ser:

  • supragengival – localizado acima da margem da gengiva, na superfície do esmalte.
  • subgengival – localizado abaixo da margem da gengiva, na superfície da raiz.
icon clinica dentista guimaraes

JOÃO PAULO RIBEIRO, MEDICINA DENTÁRIA

Alameda Dr. Alfredo Pimenta 285
4810-420 Guimarães - Portugal

horario medico dentista guimaraes

SEGUNDA A SÁBADO 8H30 ÀS 20H30

T +351 253 773 777
geral@joaopauloribeiro.com

marcar consulta dentista

MARQUE UMA CONSULTA

ligue o + 351 253 773 777
ou preencha o formulário aqui

HOME |  DICIONÁRIO DENTÁRIO  |  CONSULTAS   |  T +351 253 773 777  |  GERAL@JOAOPAULORIBEIRO.COM | FACEBOOK

© 2017 João Paulo Ribeiro, medicina dentária